Notícias

Arquitecto Carlos Veiga Pinto Camelo
2020-12-31
Traçou a lápis fino; na arquitectura do provável desenhou impossíveis. Ora em tons suaves, ora carregados de paixão, aqui e ali pincelados com a ternura indizível de um olhar profundo que lia nos espaços em branco que ficam entre uma palavra e a outra.
Era interior e intimismo e era cidade e paisagem e espaço aberto, clarabóia, luz, móvel, e projecto, régua e esquadro, equilíbrio, beleza e estética e foi sempre liberdade.
E era tão nosso!!!! Nos sonhos, na rebeldia, no humor, na ternura, na forma singular de só se importar com o que importava… E nós, todos nós, a CERCIAG toda, somos tão dele!!
Projectou-nos a casa, das paredes à fuga para os sonhos, e arquitectou connosco geometrias diversas de formas iguais.
E escolheu o ultimo dia de um ano tão duro para nos dizer que a sua arquitectura se fará agora de uma aguarela de memórias em tons pastel (sempre os tons pastel…) onde teremos de aprender que nada é nosso para sempre.
Muito obrigada, Sr. Arquitecto! Por tudo e por todos os riscos que desenhou nos nossos vazios.

[A Direcção da CERCIAG apresenta à Família do Sr. Arquitecto Carlos Eduardo Guerra da Veiga Pinto Camelo Profundas e Sentidas Condolências.
O Sr. Arquitecto Veiga Camelo integrou a Direcção da CERCIAG em vários mandatos e foi, por mais de duas décadas, o Arquitecto autor de inúmeros projectos da Organização. O seu nome ficará para sempre, indelevelmente, ligado ao nome da CERCIAG.]