Notícias

Voto de Pesar pelo falecimento do Senhor Arquitecto Carlos Veiga Pinto Camelo
2021-04-23
A Assembleia Geral da CERCIAG aprovou por unanimidade o Voto de Pesar pelo falecimento do Senhor Arquitecto Carlos Eduardo Guerra da Veiga Pinto Camelo, proposto pela Direcção, com o seguinte teor:
O Arquitecto Veiga Camelo esteve ligado aos destinos da CERCIAG nos últimos 22 Anos, tendo integrado a composição dos seus Órgãos Sociais nos mandatos de 2001 a 2008, desempenhando as funções de Tesoureiro da Direcção.
Foi, contudo, enquanto Arquitecto, que o seu contributo mais se destacou na relação absolutamente ímpar que manteve com esta casa e com esta causa. São da sua autoria inúmeros projectos, uns concretizados, outros que por força das circunstâncias e do contexto não foi ainda possível executar. Falamos, mencionado apenas alguns, do Projecto de Arquitectura da Residência de Travassô, da Ampliação do Centro de Actividades Ocupacionais, do projecto da Residência a construir no topo do edifício do CAO, do edifício do Fórum de Saúde Mental, do alargamento dos espaços de cozinha e refeitório, da cobertura entre edifícios, da Loja de venda de produtos da CERCIAG, até ao mais icónico, o magnífico Projecto de Reabilitação e Ampliação do Edifício Sede da CERCIAG.
Arquitecto, temos para nós, é aquele que consegue dar traço e forma aos sonhos para que se construam novas e melhores realidades. As pedras e a luz assumem novas dimensões quando mescladas pela imaginação de um criador predestinado. Assim era ele. Foram finos e marcantes os traços do seu lápis, quer na obra que eterniza o homem, quer na vida que o homem viveu. Eram concordantes o charme pessoal e a alma de artista.
O Sr. Arquitecto Veiga Camelo era um homem notável do ponto de vista da relação, dos valores intrínsecos, da disponibilidade e dos afectos. Era um cidadão de tempo inteiro. Personificava o velho princípio, que impõe, como único limite à dignidade de cada homem, o mesmo direito à dignidade dos outros homens. Era grande na sua singularidade e deu-nos sempre, e por isso nos deixou em legado, uma certa ideia de liberdade e de esperança de futuro. Há pessoas que não passam impunemente nas nossas vidas. Passam e fica a obra, passam e fica o lastro.
Profundamente querido e respeitado por toda a comunidade que compõe a CERCIAG, sabe a Direcção traduzir a vontade comum ao desejar perpetuar a sua memória, associando a este voto de pesar uma singela, porém profunda e justíssima homenagem.
Assim, propõe-se que a Assembleia Geral da CERCIAG, na primeira reunião que realiza após o seu falecimento, Delibere:

1. Aprovar o presente Voto de Pesar pelo falecimento do Senhor Arquitecto Carlos Eduardo Guerra da Veiga Pinto Camelo;
2. Manifestar à sua família as mais sentidas condolências, transmitindo o teor deste Voto de Pesar;
3. Respeitar um minuto de silêncio em sua memória.